Pelo Mundo ESPM na Copa da Rússia – Rússia

Especiais

Erivam Oliveira

Pelo Mundo ESPM te leva à Copa da Rússia, com um especial sobre as 32 duas seleções que irão disputar a taça mais cobiçada do mundo. Conheça um pouco desse trabalho no foto-áudio reportagem feito por Marcelo Nogueira e orientado pelo Prof. Erivam de Oliveira sobre a Rússia.
No episódio de hoje, conheceremos a Federação da Rússia. A Seleção Russa de Futebol está na Categoria A, ao lado do Uruguai, Egito e Arábia Saudita, que disputará o primeiro jogo do evento contra o país sede. A Rússia já participou de 3 copas do mundo, e teve sua melhor participação na Copa de 1994 nos Estados Unidos, chegando ao 18º lugar. Neste mesmo ano, a seleção brasileira foi vencedora, garantindo seu título de tetracampeão. A Rússia também participou de outras 7 copas, ainda como União Soviética, e teve seu melhor desempenho em 1966, na Inglaterra, quando chegou ao quarto lugar.
Localizada no norte da Eurásia, a Rússia é o país com a maior área do planeta, 17 075 400 quilômetros quadrados. Ela faz fronteira com 9 países, Noruega, Finlândia, Estônia, Letônia, Lituânia, Polônia, Belarus, Ucrânia, Geórgia, Azerbaijão, Cazaquistão, China, Mongólia e Coreia do Norte, além das fronteiras marítimas com o Japão e os Estados Unidos.
Por volta do século XVIII, o país teve uma grande expansão territorial, tornando-se o Império Russo. Considerado o terceiro maior império da história, se estendia da Polônia, na Europa, até o Alasca, na América do Norte.
O país estabeleceu grande poder e influência em todo o mundo desde os tempos do Império Russo até se tornar a maior e principal república constituinte da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), entre 1922 e 1991. Após a divisão da União Soviética, foi criada a Federação da Rússia, em 1991, reconhecida como um Estado sucessor da URSS.
A Rússia possui cerca de 141 milhões de habitantes, desses 79% são do grupo étnico russo, o resto é dividido entre outros 160 grupos étnicos. Embora sua população seja grande, a densidade populacional é baixa devido ao tamanho do país. Há uma concentração da população no centro e no centro-leste da Rússia Europeia, e no sudoeste da Rússia Asiática.
Cerca de 100 idiomas são falados no país. Os três mais populares são o russo, o tártaro e o ucraniano, sendo a primeira a única língua oficial. O russo é também uma das seis línguas oficiais da ONU.
O cristianismo, o islamismo, o budismo e o judaísmo são as religiões tradicionais da Rússia. A Igreja Ortodoxa Russa é dominante no país, com quase 100 milhões de seguidores. Existem, ainda, outras denominações cristãs menores, como os católicos, armênios gregorianos e protestantes.
A Rússia é uma democracia federal, com um sistema de Estado de Direito sob forma de República. Três poderes independentes, Legislativo, Executivo e Judiciário compõem o Estado do país. O presidente russo, eleito por voto livre, popular, direto, universal e secreto, é o chefe do estado e também o representante da Rússia nos encontros diplomáticos. O mandato para presidente dura 6 anos e pode ser repetido por mais uma vez. Desde 2012, Vladimir Putin é o presidente da Rússia.
A Federação da Rússia é um dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, além de ser membro do BRICS, do Conselho da Europa, da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), e da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico, a APEC.
Desde o fim da União Soviética, o país vem tendo uma relação amistosa com a Organização do Tratado do Atlântico Norte, a OTAN, uma aliança militar intergovernamental, em que seus Estados-membros concordam em se defenderem caso um ataque seja feito a qualquer um da organização.
A Rússia tem o maior arsenal de armas nucleares e a segunda maior frota de submarinos nucleares do mundo. O país tem uma ampla indústria armamentista que produz a maioria dos seus próprios equipamentos militares, apenas alguns tipos de armas são importados. A Rússia é, também, o principal fornecedor mundial de armas.
O país possui um sistema de educação básico de onze anos garantido gratuitamente para todos os cidadãos. No entanto, o ingresso no ensino superior é altamente competitivo. A Rússia é um ótimo país para a formação de médicos, matemáticos, cientistas e pesquisadores aeroespaciais, devido à grande ênfase dada pelo país nas ciências e tecnologia.
Os mais de 160 grupos étnicos contribuem para uma diversidade cultural muito grande no país. O artesanato é muito popular com as famosas bonecas matrioskas e os dymkovos, o estilo khokhloma, a cerâmica gzhel. As músicas tradicionais são, também, muito distintas. Instrumentos típicos são o gusli, a balalaika, zhaleika e a garmoshka.
E não podemos falar da cultura russa sem mencionar seu famoso balé. O balé soviético preservou e aperfeiçoou as tradições do século XIX, e as escolas de coreografia da União Soviética produziram muitas estrelas de renome internacional, como Maya Plisetskaia, Rudolf Nureyev e Mikhail Baryshnikov. O Balé Bolshoi, em Moscou, e o Balé Mariinsky, em São Petersburgo, tornaram-se famosos e são referências no mundo todo, recebendo alunos de toda parte do globo, inclusive do Brasil.
Quanto ao turismo no país, as principais rotas incluem viagens prelas cidades antigas, cruzeiros em grandes rios como o Volga e longas jornadas na famosa Ferrovia Transiberiana. Os destinos mais visitados são Moscou e São Petersburgo, as capitais atual e antiga do país. Nessas cidades estão museus de renome como a Galeria Tretyakov e o Hermitage, teatros famosos, como Bolshoi e Mariinsky, igrejas, como a Catedral de São Basílio, Catedral de Cristo Salvador e a Catedral de São Isaac, fortificações impressionantes, como o Kremlin e a Fortaleza de São Pedro e São Paulo, além da arquitetura do país, suas belas ruas e praças.

Deixe Seu Comentário

*Preenchimento obrigatório.