ESPM SOUL 2019 – Evento de comunicação e tecnologia é realizado em São Paulo

Ensaios

Portal de Jornalismo

O ESPM SOUL aconteceu nos dias 12 e 13 de novembro, na Escola Superior de Propaganda e Marketing, localizada na rua Dr. Álvaro Alvim, 123, Vila Mariana. O evento contou com palestra, painéis, conversas e exposições em diversas áreas da tecnologia, comunicação, audiovisual, gestão, marketing, sociologia, antropologia, arte, jornalismo, educação, entre outros.
Foram dois dias de muitas interações, todas gratuitas e abertas a estudantes, funcionários e comunidade em geral, o objetivo do ESPM Soul é ampliar as questões que são discutidos dentro da faculdade com o público em geral. São mais de 150 atividades para conhecermos melhor a ESPM. Também aconteceu transmissões online pelas redes sociais para o público acompanhar tudo que aconteceu no evento.
No dia 12, terça-feira, alguns dos temas como inteligência artificial, transformação digital, jornalismo em tempos de cólera, neurociência aplicada ao consumo, gestão de marketing alinhado à tecnologia, religião e consumo na era digital, realidade virtual, cineciência, entre outros, foram abordados pelos convidados.
Alguns desses convidados muito conhecidos pelo grande público, como Rolando Boldrin que que abordou a produção de um programa de tv semanal.
Com mais de 60 anos de tv, Rolando Boldrin é uma figura emblemática da cultura popular brasileira. O sétimo filho de uma família de doze irmãos, nascido em 1936, foi o único “encarregado” de cantar e contar a nossa terra em verso e prosa desde muito cedo. Saído do interior de São Paulo, da cidade de São Joaquim da Barra, o caboclinho virou ator de filmes premiados e de novelas acompanhadas no brasil inteiro e até no exterior, tornou-se compositor, cantor, apresentador e, claro, grande contador de causos. Boldrin é um homem de muitos talentos e muita personalidade, mas confessa “sou fundamentalmente um ator, esse tem sido meu trabalho a vida inteira; radioator, ator de novela, de teatro, de cinema, um ator que canta, declama poesias e conta histórias”. Não há País no mundo igual ao Brasil. Somos a mistura mais maravilhosa da terra.

Galeria de Fotos do Apresentador Rolando Boldrin

Também nos brindou com sua presença e seu carisma a atriz Denise Fraga, produtora de teatro e cronista. Conhecida pelos premiados trabalhos na televisão, no teatro e no cinema, ela também assina crônicas na revista crescer e manteve por cinco anos uma coluna na folha de S. Paulo. É apaixonada pelo teatro e seu repertório nos palcos prima pela escolha de textos que aliem divertimento à reflexão. É tagarela, inquieta, questionadora, acredita no poder transformador da arte e, através do seu ofício, vive tentando compreender os desafios da existência humana.

Galeria de Fotos da atriz Denise Fraga

Já no dia 13, quarta-feira, design e empreendedorismo criativo, jornalismo investigativo, a era da personalização, a transformação do comportamento humano no ambiente digital, as startups brasileiras no mundo, políticas públicas e privadas, design analógico e muito mais, permearam as discussões. Portanto, um dos principais nome do jornalismo investigativo Roberto Cabrini, apresentador e editor-chefe do programa Conexão Repórter, no SBT, um dois principais da televisão brasileiro, especializado em jornalismo investigativo e em grandes coberturas internacionais, ganhador dos principais prêmios nacionais como repórter investigativo (Esso, Comunique-se, APCA, Líbero Badaró, Imprensa, Tim Lopes, MPT, República e Vladimir Herzog) e cobriu seis guerras, nos brindou com suas histórias e fatos, relembrando várias reportagens jornalísticas que agitaram esse País.

Galeria de Fotos do Jornalista Roberto Cabrini

Fotografia panorâmica e Montagem: Erivam de Oliveira



Para fechar o evento, Christiane Torloni, atriz com mais de 43 anos de carreira. Atuou em 14 peças de teatro, 27 novelas, 16 filmes. Como ativista política, participou das diretas já e como meio-ambientalista encabeçou o abaixo-assinado Amazônia para sempre, com mais de um milhão de assinaturas. Seu mais recente trabalho em teatro foi o espetáculo Master Class, no qual interpretou a soprano Maria Callas. Produziu e dirigiu ao lado de Miguel Przewodowski o documentário “Amazônia, o despertar da florestania”, que recebeu o prêmio da juventude - longas de língua portuguesa, no CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela, é o único festival de cinema em Portugal, dedicado á temática ambiental, do Município de Seia em Portugal.

Galeria de Fotos do Soul ESPM - 2019

Texto: Ana Carolina Bilato
Fotos das galerias: Gabriela Soares - Luana Cataldi - Luca Carloni - Malu Ogata - Pedro Trigo (Estudantes do 2º semestre)
Enzo Almeida e Thais Fullmann ( Estudantes do 1º semestre)
Estudantes do Curso de Jornalismo da ESPM-SP

Deixe Seu Comentário

*Preenchimento obrigatório.