Acompanhe em Pelo Mundo ESPM as belezas de Bariloche na Argentina

No Foto-áudio reportagem transmídia realizado por Fabiana Rosa – 1º semestre do Curso de Jornalismo da ESPM-SP e orientação do Professor Erivam de Oliveira, O Pelo Mundo ESPM lhe dá dicas para sua próxima visita a Bariloche – Argentina.

A cidade fica localizada na Argentina, junto à Cordilheira dos Andes, fazendo fronteira com o Chile. E se você procura um bom lugar para aproveitar uma viagem diferente de tudo que já viveu, principalmente com os amigos, me acompanhe nessas dicas.
Antes de tudo, o essencial é pensar em acomodação. No período de alta temporada é comum que a cidade se torne um ponto de encontro de formandos do ensino médio. Assim como aqui no Brasil, que as formaturas têm o costume de ser em Porto Seguro, os jovens argentinos costumam de viajar para Bariloche. Por esse motivo, os hotéis já estão preparados para funcionar como “acomodações universitárias”, cobrando pouco e disponibilizando o mínimo para uma estadia confortável. Além disso, muitos deles estão localizados próximos a Rua Mitre, onde fica o centro de Bariloche. Todos costumam apresentar o mesmo nível, e procurando por hotéis assim com certeza terá uma ótima estadia
O destinho, porém, é muito conhecido por se tornar um paraíso de inverno. E quando se trata de atividades para aproveitar o dia, Bariloche não deixa a desejar. Para o clássico passeio de ski, O Cerro Catedral disponibiliza vários instrutores, materiais para aluguel e pistas para treinar. Outra opção muito divertida é o skibunda, em Piedras Blancas. Um programa muito diferente e tem pistas com diversas intensidades, para quem gosta de algo mais calmo até para quem gosta de algo mais radical.
Se gosta de dirigir, com certeza o Tambo Viejo é o passeio ideal. Lá pode desafiar seus amigos em uma corrida de quadriciclo em diversas pistas e em arenas de paintball. Mas se gosta de estar em meio a natureza, o Canopy oferece uma série de tirolezas entre as florestas de Bariloche.
Para observar as paisagens, não pode perder o Circuito Chico. Em uma rota pelos principais pontos turísticos, encerre seu dia observando o lindo pôr-do-sol no Lago Nahuel Huapi, próximo ao centro da Rua Mitre.
Bariloche continua agitada quando escurece. Com grandes baladas, as noites são embaladas por muito reggaeton e cumbia. Se procura por um ambiente mais refinado, a escolha certa é Grisu, com amplo espaço e cinco andares, a casa costuma realizar festas com o tema “brega”.
Não tem como ir à Bariloche e não assistir ao show de lasers da ByPass. Eles são sempre temáticos: no ano passado, faraós e pirâmides protagonizaram a apresentação no maior estilo filme de terror.
Se gosta de festas a fantasia, não tem como perder a Genux. Prepare seu melhor personagem, as pessoas costumam caprichar na criatividade.
Se mesmo viajando não larga o ritmo brasileiro por nada, não deixe de ir a Rocket. Lá além das músicas argentinas, o funk e o sertanejo também é bastante presente na casa.
A CEREBRO é ideal para quem gosta mais de eletrônica e pop. A cidade tem baladas para todos os gostos.
Mas se quer algo realmente inusitado, não pode deixar de visitar o bar de gelo. Bancos, estátuas e mesas inteiros feitos de gelo. Para entrar, uma roupa especial é disponibilizada para que seja suportável ficar lá dentro. Como é pequeno, se pretende ir com um grupo grande é preciso agendar um horário. Muito diferente, vale a pena conferir.
Mas se você prefere uma noite mais calma, a pizzaria Los Gallegos, localizada na Rua Mitre, oferece pizzas deliciosas por um preço bastante justo. Mas se prefere outras opções, o centro também tem vários restaurantes deliciosos, como de foundue, de carnes argentinas e empanadas. E não deixe de levar para casa os famosos alfajores e chocolates. As melhores lojas para adquiri-los são El Reino de los Chocolates e a gigantesca El Turista, que além da loja, abriga uma pista de patinação no gelo.

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário