Rock in Rio: um dos maiores festivais de música do mundo

Ensaios

Portal de Jornalismo

Texto e Fotos:
Luana Cataldi
Michelle Neri
Estudantes do 2º semestre
Curso de Jornalismo ESPM-SP

O Rock in Rio é um dos maiores festivais de música do mundo. Criado no Brasil em 1985 pelo empresário Roberto Medina, o evento já realizou 20 edições: oito no Brasil, oito em Portugal, três na Espanha e uma nos Estados Unidos, reunindo mais de sete milhões de pessoas. A ideia do projeto nasceu no Rio de Janeiro, mas acabou conquistando o público internacional por sempre englobar diversos estilos de música que se encaixam nos mais variados gostos.
O primeiro Rock in Rio foi realizado no Rio de Janeiro entre 11 e 20 de janeiro de 1985, em uma área especialmente construída para receber o evento. Reuniu quase 1,5 milhão de pessoas - o equivalente a cinco Woodstocks. Ele contou com um Line-up voltado para o rock e MPB, que incluiu bandas como Queen, AC/DC, Iron Maiden, Scorpions, Ozzy Osbourne, entre outras, fazendo história desde o início do festival. Das terras brasileiras, artistas como Gilberto Gil, Nei Matogrosso, Lulu Santos, Blitz, Os Paralamas do Sucesso, Rita Lee e Barão Vermelho deixaram a sua marca.
Além disso, o festival foi o primeiro do gênero a receber o prêmio de sustentabilidade, por seu compromisso em conscientizar as pessoas sobre como fazer pequenas atitudes que podem contribuir com a conservação do meio ambiente. O evento é considerado o oitavo melhor do mundo pelo site Festival Fling, especializado no assunto.
A última edição do festival aconteceu em 2019 dentro do Parque Olímpico do Rio de Janeiro. Personalidades como Ellie Goulding, Drake, Red Hot Chilli Peppers, Iron Maiden, Bon Jovi, P!nk e Imagine Dragons foram as principais atrações durante o período do dia 27 de setembro ao 6 de outubro. Além disso, novas áreas foram acrescentadas, como o Rock Street Asia, que leva o público até o outro lado do mundo, e o Rota 85, que proporciona uma experiência de viagem do tempo.
Os melhores momentos incluíram um pedido de casamento gay durante um dos headliners e o voo da P!nk por cima da plateia. Além disso, os Black Eyed Peas incluíram a Anitta em seu show, promovendo a nova música formada por ela e por um dos integrantes do grupo. Apesar de algumas falhas no som do show do Red Hot Chilli Peppers, a interrupção do show da Ana Vitória para o socorro de alguém que estava passando mal no público e o atraso do cantor Charlie Puth no palco Sunset, o festival ocorreu sem maiores problemas, fazendo jus à sua fama.

Deixe Seu Comentário

*Preenchimento obrigatório.