Editor do Estadão fala sobre a “era do engajamento” em Aula Magna

Por Nathalia Oliva e Clara Guimarães


Nesta quarta-feira, 16 de agosto, aconteceu a Aula Magna do curso de Jornalismo conduzida pelo jornalista e editor de conteúdos digitais do Estadão, Luís Fernando Bovo. O tema da palestra foi “Jornalismo x Produção de conteúdo” e tinha como objetivo apresentar aos alunos as diferenças entre os materiais jornalísticos e aqueles produzidos sem apuração e que circulam, na maior parte, nas redes sociais.

Bovo falou sobre os desafios da profissão em um mundo conectado como o atual. Para ele, o jornalismo tem que se apropriar e usar das novas tecnologias a seu favor.

Segundo o editor, a empresa jornalística não consegue dominar mais todo o processo de veiculação de notícias pelas redes sociais, o que acarreta em transformações nos formatos de redação e na especialização e habilidades exigidas de um profissional da área para que a informação atinja o grande público. “Atualmente, o consumo de notícias é muito fragmentado. O jornal tem que estar em todo lugar”, afirmou Bovo.

O futuro do jornalismo também foi um assunto comentado. Para o jornalista, a tendência é que os sites de notícias diminuam as matérias grátis que são disponibilizadas de forma a atrair mais leitores que paguem pela assinatura do jornal.

De acordo com um dos organizadores do evento, professor Antonio Rocha Filho, o palestrante é ideal para falar sobre o jornalismo antigo e novo. “Ele (Bovo) é membro de uma mídia tradicional que atualmente se adapta às novas formas produção de conteúdo”, comentou o professor.

Nos dias 14 e 15 de setembro durante a Jornada do Jornalismo, a ESPM-SP realizará mais palestras sobre o curso.

 

 

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário