ESPM + Sustentável e Diálogos CEDS promovem debate sobre moda e comunicação

Campus

Portal de Jornalismo

Por Beatriz Araujo e Lua Cataldi (1º semestre)

No dia 8 de maio, durante a Semana + Sustentável, da ESPM, ocorreu a Inspiration Talks – Moda e Comunicação. O debate contou com a presença de quatro palestrantes, com iniciativas sustentáveis em seus empreendimentos, e foi mediado por Marcus Nakagawa, coordenador do CEDS, da ESPM + Sustentável e professor da ESPM-SP.

De acordo com ele, a moda e a comunicação são pontos fundamentais para a transformação da sociedade, pois ambas contém muitas atividades que prejudicam e alteram o meio ambiente. Desta forma, a palestra teve o intuito de incentivar o empreendimento sustentável.

A primeira palestrante, Ju Dias, proprietária e fundadora da Bora Lá, Agência de Comunicação e Marketing Popular, parte do pressuposto de que o lucro gerado na periferia, fica na periferia. Seus principais clientes são mulheres dessas regiões, em especial as afrodescendentes, muito representadas nos logos criados pela empresa.

Logo depois, Emily Ewell subiu ao palco para falar sobre a Pantys, marca de calcinhas e sutiãs absorventes. A CEO defende que seus produtos são mais sustentáveis do que absorventes descartáveis e acabam sendo mais em conta, a longo prazo. Além disso, acredita que um estilo de vida que contribua para a proteção do meio ambiente é possível de ser implantado no Brasil, e já fez parcerias com o governo para colocar lixeiras recicláveis na frente de sua loja.

Van Loureiro, a terceira palestrante, confecciona roupas e acessórios com materiais reciclados, como: lacres de latas de refrigerante, garrafas pet e resíduos de tecido. Ela tende a sair dos padrões da sociedade, chamando modelos pouco convencionais para os desfiles que divulgam sua marca, aumentando a visibilidade de pessoas idosas, deficientes, gestantes, entre outros.

O último palestrante, André Carvalhal, diretor da marca sustentável AHLMA, acredita que a moda possua um propósito maior do que a simples confecção de roupas. “Ela gera um impacto social”, complementa. Sua marca possui um compromisso com o meio ambiente, desde a fabricação dos produtos até a embalagem em que ele vai ser entregue.

 

Fotos: Isabelle Bulla (3º semestre) e Sophia Olegário (1º semestre)
Curso de Jornalismo da ESPM-SP

Deixe Seu Comentário

*Preenchimento obrigatório.