Cartunista Millôr Fernandes recebe homenagem em exposição em SP

CARTAZ MILLOR 2

Na quarta-feira, 14 de setembro, foi aberta a exposição “Millôr 100 + 100: Desenhos e Frases”, na Escola da Cidade, centro da capital. O dia de abertura contou com uma programação que incluía distribuição de lambe-lambes, oficina de desenho, visita guiada e uma palestra de abertura com mesa de debate.

Em homenagem a Millôr Fernandes, a exposição reúne parte de sua obra em frases, charges, desenhos e traduções de peças de teatro. Responsável por uma vasta produção artística, Millôr é conhecido por sua sagacidade e ironia ao abordar temas como a fase adulta, a humildade, morte e medo.

Além da arte, Millôr também atuou durante décadas como jornalista nos principais jornais do país. Ne época da ditadura, por exemplo, se tornou grande nome da imprensa alternativa ao fundar “O Pasquim”. Sempre com uma visão política e sarcástica do cotidiano, Millôr consegue empregar humor em sua arte, quando, por exemplo, diz que “celebridade é um idiota qualquer que apareceu na televisão” ou que “um homem é adulto quando começa a gastar mais do que ganha”.

foto4

A exposição, no geral, é pequena, levando em conta a abrangência da obra de Millôr, e não leva muito tempo até ser explorada por inteiro. A maioria dos quadros escritos está disposta de modo que o conteúdo das frases dialogue com um desenho ou uma charge com a mesma temática. Além disso, há uma mesa que reúne livros de clássicos da literatura que foram traduzidos ou adaptados por Millôr.

A ideia de fazer essa exposição existe há dois anos. O acervo do Millôr fica no Instituto Moreira Salles (IMS), e parte dele foi liberada para essa exposição. Segundo os organizadores, o fato de a Escola da Cidade ser uma faculdade de arquitetura e dialogar com o universo do desenho, foi um facilitador para a liberação pelo IMS.

foto6

Serviço:

“Millôr 100 + 100: Desenhos e Frases”

Duração: de 14 de setembro a 21 de outubro de 2016

Horário de visitação: segunda à sexta, das 10h às 20h e sábados, das 10h às 14h

Local: Escola da Cidade (Rua General Jardim, 65)

Site: escoladacidade.edu.br

Gratuito e aberto ao público

Notícias Relacionadas

Deixe seu comentário