SESC Vila Mariana homenageia mulheres com apresentações

Cultura

Edson Capoano

Mulheres Compositoras em Concerto. (Foto: divulgação do Sesc)
Mulheres Compositoras em Concerto. (Foto: divulgação do Sesc)

Durante os meses de março e abril, a Série Concertos do SESC Vila Mariana terá como tema “Mulheres Compositoras em Concerto”. As apresentações serão dedicadas à produção de mulheres compositoras que fizeram parte da história da música ocidental. As sessões, que acontecem às 18h30 aos sábados no auditório do 1º andar da Torre A, começaram no dia 4 de março, com o recital Confissões, vão até o dia 8 de abril. Todos os concertos têm classificação 12 anos e entrada franca. A retirada dos ingressos é feita 1h antes, às 17h30, na bilheteria e são limitados a dois por pessoa.

A apresentação do dia 11 de março foi do grupo Safo Novella, formado pela soprano Marília Vargas e a arquialaúde Silvana Scarinci. A dupla dedica-se à música vocal italiana do século XVII, com foco na compositora Barbara Strozzi.

No dia 25 de março, o Duo Ouvir Estrelas será o responsável pelo concerto. Composto pela mezzo-soprano Clarissa Cabral e pela pianista Eliana Monteiro da Silva, o duo apresentará obras eruditas de compositoras latino-americanas, abrangendo músicas do final do século XIX ao início do XXI.

O Duo Prismas, formado pela cantora Joana Maris e pelo pianista Marcos Pantaleoni, apresentará, no dia 1º de abril, peças de compositoras da França, Venezuela e Brasil, com destaque para obras eruditas. O duo mistura performance cênica e musical, colocando lado a lado peças modernas e líricas e releituras de compositoras do universo popular. “Para nós o desafio foi buscar um repertório que pudesse também mostrar o olhar feminino sobre o mundo”, destacaram os músicos. Disseram ainda que encontraram nas músicas escolhidas afinidades de pensamento na subjetividade das personagens, na sensibilidade e na complexidade. “Achamos que nossa descoberta desse olhar feminino será também uma descoberta para o público”, concluíram.

No dia 8 de abril, a apresentação fica por conta do Duo Bandel Gouveia, formado pelo violista Renato Bandel e o pianista Horácio Gouveia. Serão apresentadas obras de compositoras dos séculos XIX e XX, destacando-se Hélène Fleury-Roy (1876-1975), a primeira mulher a ser admitida e premiada no Prêmio de Roma.

No último sábado do mês de abril, dia 29, a compositora, arranjadora, pesquisadora e escritora Nilceia Baroncelli discorrerá a respeito do seu processo criativo.

Haverá também um curso, ministrado pela jornalista e pesquisadora especializada em música de concurso Camila Frésca. Intitulado “Mulheres Compostioras: Uma história sob o ponto de vista do gênero: De Hildegard von Bingen (1098-1179) à modernidade”, o curso aborda a presença feminina na música. Destaca-se a brasileira Chiquinha Gonzaga e artistas que ficaram a sombra de irmãos e maridos famosos, como Anna Maria Mozart. O curso acontecerá de 21 de março a 18 de abril, as terças, das 19h às 21h30, na sala 2, 5º andar da torre A. As inscrições devem ser feitas na Central de Atendimento e custa R$20.

Por Guilherme Soria (1º semestre)

Deixe Seu Comentário

*Preenchimento obrigatório.