Precariedade dos cárceres brasileiros coloca mulheres e crianças em risco

Rádio

Da Redação

Gestantes e bebês são submetidas à falta de condições dos cárceres brasileiros. A higiene é precária, faltam berçários, ginecologistas e pediatras. A criminologista Ana Gabriela Braga descreve a triste história de uma criança que, aos cinco anos, nunca havia saído da prisão. ”Era uma criança que não conhecia o céu”. Em reportagem, os alunos de jornalismo da ESPM retratam a realidade enfrentada por mães e filhos por trás das grades.

 

 

Bianca Alves (1 sem)

Deixe Seu Comentário

*Preenchimento obrigatório.